AGRICULTURA METROPOLITANA - PARTE 1

A cidade de São Paulo foi umas das 6 cidades escolhidas para integrar o projeto Agricultura Metropolitana, iniciativa realizada há 5 anos na Holanda e que tem o objetivo de aproximar os meios rural e urbano.

video

AGRICULTURA METROPOLITANA - PARTE 2

video

WORKSHOP - CULTIVO EM PEQUENOS ESPAÇOS

A Leroy Merlin de interlagos, em São Paulo, promoverá um Workshop sobre o cultivo de hortas em pequenos espaços. O evento será gratuito. Serão abordadas formas de aproveitar bem o espaço, qual vaso escolher, quais hortaliças plantar, forma adequada de plantio, nutrição de plantas e métodos de controle de pragas.
Local: Leroy Merlin - Rua Domingas Galleteri Blotta, 315, Interlagos, São Paulo, SP
Data: 20 e 27 de março de 2010 (sábados)
Horário: 15h
Duração: 40 min
Inscrições e informações: (11) 5613-2551 ou (31) 3333-6000

WEB CIDADANIA

Web cidadania trata-se do movimento de discussão sobre a participação do cidadão na política, utilizando fotos, vídeos, mapas e textos. As diferentes articulações dentro deste movimento devem somar forças para ajudar a crescer este novo modo de ação cidadã. Há alguns sites que participam deste movimento:
- urbanias.com.br - site de reclamações de moradores de São Paulo;
- esfera.mobi - criar cultura de transparência pública pelas tecnologias de comunicação;
- cidadedemocratica.org - articulação e aproximação de pessoas em função de causas públicas;
- sacsp.mamulti.com - sistema que reúne estatísticas das reclamações feitas pelos cidadãos de São Paulo;
- votenaweb.com.br - transcreve as leis que estão no congresso com o objetivo de esclarece-las para que entendam como elas interferem em suas vidas;
- votoconsciente.ning.com
Várias ações e propostas estão sendo indicadas, além de referências, através da web, sendo um espaço... E isto! Que a internet seja mais uma ferramenta para a articulação de idéias e ações através do espaço virtual capaz de reflitir nos nossos espaços reais.

FAZENDAS AO REDOR DE CENTROS URBANOS

A produção de alimentos dentro e ao redor das cidades vem crescendo como uma alternativa viável para a crescente demanda de alimentos nas zonas urbanas. Em diferentes partes do mundo, programas promovem o cultivo caseiro de alimentos para gerar mais autonomia ou aliviar a falta de recursos. Cuba se caracterizou por promover este tipo de agricultura, mas agora dá um passo adiante com um novo plano de cinco anos. O plano prevê a doação de terras para que cidadãos cubanos produzam, individualmente, frutas e hortaliças, e criem gado em “anéis” de 6,4 quilômetros de diâmetro instalados ao redor de 150 cidades do país (com exceção da capital, Havana). As fazendas serão dirigidas por particulares e devem realizar apenas em cultivos orgânicos. Um ensaio piloto do programa já está em andamento na cidade de Camaguey (FOTO), onde cerca de 1.400 pequenas fazendas deverão cobrir 52 mil hectares, a alguns minutos da cidade. Espera-se que o programa atenda a 75% das necessidades da população. Segundo o jornal inglês The Guardian, o governo cubano espera que a iniciativa garanta comida mais barata e abundante e ao mesmo tempo reduza os custos de transporte. O jornal destaca que o plano foi inspirado nas centenas de jardins urbanos (áreas de cultivo em cidades) que Raul Castro implementou durante a depressão econômica da década de 1990, quando a queda do comunismo na Europa teve um impacto negativo sobre Cuba. Além de suas implicações políticas e econômicas, o projeto também é interessante sob o aspecto ambiental. Quando se discute cada vez mais a produção remota de alimentos, pouco sustentável devido aos enormes custos finaceiros e ambientais que acarreta, entregar terras a indivíduos com o objetivo de promover a produção local e orgânica em zonas próximas às cidades parece um passo na direção certa.
Texto publicado na Rede de PARMACULTURA SOCIAL BRASILEIRA, por Ricardo Semeador.
Para mais informações: